CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA

CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA
CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA - SEDE

10 de out de 2008


Livros Históricos

Os livros de Josué até o livro de Ester, cobrem oitocentos anos da história de Israel.
Contam sobre a conquista de Canaan, os reis, a divisão de Israel nos reinos do norte e do sul, a queda do reino do norte diante da Assíria, o exílio do reino do sul na Babilônia e o retorno a Jerusalém e Judá.


O Josué

Este livro recebe o nome de seu personagem chave, Josué, a quem Deus escolheu como o novo lider de Israel.
O povo milagrosamente (da mesma forma como cruzou o mar Vermelho liderado por Moisés), cruzou o rio Jordão e conquistou a cidade de Jericó.
Com a ajuda de Deus, eles logo tomaram posse das principais areas de Canaan.
Antes de Josué morrer, ele lembrou ao povo das promessas de Deus e admoestou-os a amarem e obedecerem a Deus.

O JUIZES

Depois da morte de Josué, Israel ficou sem um líder.
O povo começou a esquecer-se de Deus e Suas leis, voltando-se para a adoração de ídolos.
Deus então puniu-os, enviando nações vizinhas para atacá-los.
Quando o povo se arrependeu e voltou-se para Deus, Ele lhes deu novos líderes chamados "Juízes".
Os mais conhecidos juízes foram: Débora, Gideão e Sansão.

RUTE

Conta a estória de um casal israelita que se mudou para Moab durante um tempo de fome.
O marido e seus dois filhos morreram, deixando a mulher Noemi só com suas duas noras Orfa e Rute.
Noemi resolveu voltar para Israel e Rute insistiu em voltar com ela.
De volta a Israel, procuraram a um parente de nome Boaz para pedirem ajuda. (mais tarde Rute casou-se com ele.
Da sua descendência, veio a família real de Davi e o Messias Jesus.
O livro de Rute mostra-nos como Deus cuida das nossas necessidades e tambem como ele cuidou para que se concretizasse o Seu plano de salvação.

1 Samuel

Este livro começa com o nascimento de Samuel e seu treinamento no templo.
Ele descreve como Samuel liderou Israel como juiz, sacerdote e profeta.
Quando o povo de Israel resolveu que queria ter um rei como as outras naões, Deus orientou a Samuel para que ungisse a Saul para ser o rei de Israel.
Mais tarde Saul foi rejeitado por Deus pela sua desobediência e então também por ordenação divina, Samuel ungiu a Davi como o novo rei de Israel.

2 Samuel

Continua a história do começo do reino de Israel.
Iniciando com a morte de Saul ele descreve os quarenta anos de reinado de Davi, incluindo o pecado cometido com Bate-Seba e a rebelião de Absalão.
o 1 Reis

Após a morte de Davi, seu filho Salomão tornou-se rei. Os capítulos 1 a 11 descrevem o reinado de Salomão incluindo a construção do templo e o palácio em Jerusalém.
Depois disso o reino do norte passou a ser conhecido como Israel e o reino do sul como Judá.
Os últimos capítulos falam sobre a maldade do rei Acabe e sobre Elias o profeta.
2 Reis

Continua a estória de Elias e Elizeu. Conta a queda de Israel para a Assíria no ano 722 A.C. e de Judá para a Babilônia em 586 A.C.

1 Crônicas

O livro de crônicas parece a primeira vista ser uma repetição dos livros de Samuel e Reis, mas foi escrito para lembrar aos que retornaram do exílio que eles eram um povo escolhido, descendência de Davi. O tema principal é de que Deus é fiel às Suas promessas.

2 Crônicas

Continua a estória de Davi, a construção do templo em Jerusalém durante o reinado de Salomão.
Fala também sobre o reino de Judá até a destruição final de Jerusalém e o exílio do povo na Babilônia.
Esdras

Fala sobre o retorno dos judeus do exílio na Babilônia. Começa com o decreto de Ciro rei da Pérsia, permitindo ao povo o seu retorno.
Com todo o entusiasmo o povo começou a reconstruir o templo mas foram atacados durante dezoito anos pelos inimigos do norte.
Finalmente, um decreto do rei Dario deixou-os terminar a obra.
Conta também sobre o sacerdote Esdras que ensinou ao povo as leis.
Foi Esdras quem provavelmente escreveu este livro bem como o de Neemias.

Neemias

Neemias deixou a sua posição de mordomo do rei Artaxerxes da Pérsia, para tornar-se governador de Jerusalém.
Ele liderou o povo na reconstrução dos muros da cidade.
Este livro também mostra a importância da oração na sua vida.

Ester

Relata a estória de uma linda moça judia a quem o rei da Persia escolheu para ser sua rainha.
Quando Hamã conspirou para assassinar todos os judeus, o primo da rainha Ester, Mardoqueu fez com que ela soubesse do que estava ocorrendo e a persuadiu a salvar o seu povo.
Arriscando sua própria vida, ela apelou ao rei e conseguiu dele autorização para que os judeus se defendessem, salvando-os assim da destruição.


Poesia

Os cinco próximos livros do Velho Testamento, são livros de poesia e sabedoria.
A poesia hebraica sempre usa pares de linhas que se repetem ou que se opõem em seu significado. Isso pode ser visto claramente no livro dos Salmos.



Este livro recebe do seu nome do personagem principal.
Era um homem reto diante de Deus e muito rico e mesmo depois de perder tudo o que tinha, suas posses, seus filhos e até sua saúde, permaneceu fiel a Deus.
O livro de Jó questiona as razões para os sofrimentos, especialmente das pessoas de bem.
Os amigos de Jó insistiram que ele estava sofrendo provavelmente por algum pecado e até sua mulher o incitou a irar-se contra Deus, mas ele defendeu sua inocência e expressou sua confiança em Deus.
Finalmente Deus falou e mostrou seu poder e Jó entendeu que Deus é maravilhoso, grandioso e que o ser humano não tem condições de compreender.

Salmos

É um dos mais lindos livros da Bíblia.
É composto por poemas de louvor, adoração, gratidão e arrependimento.
A maioria deles foi escrita pelo rei Davi e alguns por Corá, Salomão, Moisés e outros.

Provérbios

É uma coleção de sábios pensamentos e bons conselhos para a vida diária.
O livro começa nos dizendo que "Otemor de Deus é o princípio de toda a sabedoria"
Muitos destes provérbios são do rei Salomão; outros foram copiados pelos homens de Ezequias.
Agur e Lemuel escreveram os dois últimos capítulos deste livro.

Eclesiastes

É um estudo sobre o significado da vida. Seu autor fala da sabedoria, prazeres, riquezas, religião dentre outras coisas.
Conclui que tudo na vida não tem sentido e é vazio sem Deus.

Cantares

É uma coleção de poemas de amor entre um homem e sua amada. É um belo retrato do amor e casamento ideal para o homem.


Profecia

Os últimos dezessete livros do velho Testamento se referem a profecias.
Exceto por Lamentações, todos os demais livros levam os nomes de seus autores.
Deus enviou estes profetas em épocas diferentes da história de Israel e de Judá.
Eles exortaram asessoas a voltarem-se para Deus e avisou que Deus os puniria pela sua desobediência.


Isaías

Profetizou em Judá durante os reinados de Uzias, Jotão, Acaz e Zedequias.
Repetidamente ele alertou o povo que Jerusalém e Judá seriam julgados por sua maldade.
No capítulo 39, ele previu o exílio na Babilônia e que mais tarde o reino seria restaurado.
Começando no capítulo 40, Isaías ofereceu conforto com as seguintes promessas de Deus:
1) Aos exilados seria permitido retornar a Jerusalém;
2) Um Justo, traria salvação;
3) Deus suscitaria um novo reino de justiça.

Jeremias

Da mesma forma que Isaías, jovem ainda, foi chamado por Deus para avisar ao povo de Judá sobre a maldade que havia em seu meio.
Jeremias gastou os primeiros vinte anos de seu ministério no reinado de Josias, um bom rei que tentou trazer o povo de Judá de volta a Deus.
Depois disso, Jeremias esteve em frequente perigo causado por líderes politicos e religiosos que se enfureceram com as suas mensagens.
Deus contudo protegeu a Jeremias que pode assim continuar a alertar aos maus e a consolar aos justos que confiavam em Deus.
Depois que Jerusalém foi destruída, ele escolheu permanecer com o povo e foi com eles para o Egito.

Lamentações

O título real deste livro é: Canções Para Funerais".
O seu autor foi provavelmente Jeremias que estava triste e abatido devido a destruição de Jerusalém.
Ele confessou os pecados do povo e orou a Deus por misericórdia.

Ezequiel

Ezequiel foi sacerdote em Jerusalém. Ele foi levado cativo para a Babilônia com outros exilados judeus em 598 A.C.
Os capítulos 1 a 24 são profecias sobre a destruição de Jerusalém.
Depois que Jerusalém foi destruída, Ezequiel pregou uma nova mensagem de esperança, a de que o povo de Israel retornaria a Palestina.

Daniel

Este livro conta a estória de Daniel e seus três amigos que foram tomados cativos.
Estes quatro homens continuaram a obedecer e adorar a Deus mesmo tendo suas vidas colocadas em perigo.
Nos últimos seis capítulos do deste livro, Daniel descreve sua visão do surgimento e da queda de reinos e finalmente o surgimento de um reino eterno.

Oséias

Foi profeta em Israel durante o reinado de Jeroboão II.
Os capítulos 1 a 3 falam a respeito de sua infiel mulher. No restante do livro, Oséias usa o seu casamento como analogia do amor de Deus por Israel, apesar de sua infidelidade.

Joel

Profetizou no tempo do rei Joás.
Ele descreveu uma terrível praga de gafanhotos invadindo a Palestina.
Joel anunciou o "dia do Senhor" e alguns fatos que o precederiam.

Amós

Foi um pastor de ovelhas, chamado para ser um profeta nas cidades do norte de Israel.
Ele anunciou o julgamento de Deus para o povo por ter se afastado de Deus, por ser cruel com os pobres e pelo seu egoísmo.
*
Obadias

O menor livro da bíbliai, é um livro que profetiza contra a nação de Edom.
Obadias profetiza que este reino será destruído por Deus.

Jonas

Jonas foi chamado por Deus para pregar em Nínive.
Jonas tentou fugir de Deus e foi engolido por um peixe.
Quando o peixe o retornou a terra firme, Jonas foi a Nínive e alertou o povo sobre o julgamento de Deus.

Miquéias

Contém os escritos do profeta que viveu em Judá durante os reinados de Jotão, Acaz e Ezequias.
Ele avisou o povo sobre o julgamento de Deus contra Jerusalém e Samaria por causa do pecado de seus líderes, mas também sobre as promessas de Deus de restaurar a Sião e um reino de paz para aqueles que confiassem em Deus.
Ele profetizou sobre um soberano que nasceria em Belém, cujo reino seria eterno.

Naum

É um livro que profetiza contra Nínive, a capital da Assíria.
O profeta descreve a crueldade dos assírios quando estes conquistavam outras nações.
Ele previu a destruição de Nínive e o fim do reino Assírio.

Habacuque

Foi escrito na forma de um diálogo entre Deus e o profeta.
Habacuque primeiro perguntou a Deus porque ele permitia que a maldade e a violência continuassem
Quando Deus lhe disse que enviaria os babilônios para punirem a Judá, o profeta ficou muito preocupado.
Ele não entendia porque Deus usaria os babilônios que eram ainda piores que os judeus.
Deus respondeu que "os justos viveriam pela fé" e que os babilônios também seriam julgados.
O final deste livro é um salmo de louvor.

Sofonias

Profetizou durante o reinado do rei Josias. Ele avisou que o dia do Senhor traria julgamento sobre Judá e Jerusalém e conclamou os judeus a voltarem-se para Deus.
Sofonias previu que que as nações vizinhas seriam destruídas e que Deus traria de volta o Seu povo.

Ageu

Dezoito anos se passaram desde o decreto de Ciro que permitia aos judeus retornarem do exílio, mas eles não tinham ainda terminado de construir o templo.
Ageu alertou que era a hora de reconstruir a casa do Senhor.
Ele profetizou que a glória de Deus encheria o templo.

Zacarias

As profecias de Zacarias começaram dois meses depois da primeira mensagem de Ageu.
Deus enviou a Zacarias oito visões para encorajar os construtores do templo. Nos capítulos 7 e 8, Zacarias conclamou op povo de Deus a obedece-Lo agindo com misericórdia entre eles.
Os capítulos 9 a 14 predizem a vinda do Rei de Sião,"o Senhor Todo Poderoso".

Malaquias

Profetizou que os judeus retornariam do exílio.
Ele avisou-os que estavam negligenciando e desobedecendo à Deus e que por isso seriam julgados.
Ele tambem alertou que Deus salvaria aos justos.

Nenhum comentário: