CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA

CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA
CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA - SEDE

23 de jun de 2010

Marcos

4:13 E disse-lhes: Não percebeis esta parábola?
Como, pois, entendereis todas as parábolas?

4:14 O que semeia, semeia a palavra;

4:15 E, os que estão junto do caminho são aqueles em quem a palavra é semeada; mas, tendo-a eles ouvido, vem logo Satanás e tira a palavra que foi semeada nos seus corações.

4:16 E da mesma forma os que recebem a semente sobre pedregais; os quais, ouvindo a palavra, logo com prazer a recebem;

4:17 Mas não têm raiz em si mesmos, antes são temporãos; depois, sobrevindo tribulação ou perseguição, por causa da palavra, logo se escandalizam.

4:18 E outros são os que recebem a semente entre espinhos, os quais ouvem a palavra;

4:19 Mas os cuidados deste mundo, e os enganos das riquezas e as ambições de outras coisas, entrando, sufocam a palavra, e fica infrutífera.

4:20 E os que recebem a semente em boa terra são os que ouvem a palavra e a recebem, e dão fruto, um a trinta, outro a sessenta, outro a cem, por um.

4:21 E disse-lhes:
Vem porventura a candeia para se meter debaixo do alqueire, ou debaixo da cama?
Não vem antes para se colocar no velador?

4:22 Porque nada há encoberto que não haja de ser manifesto; e nada se faz para ficar oculto, mas para ser descoberto.

4:23 Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça.

4:24 E disse-lhes: Atendei ao que ides ouvir. Com a medida com que medirdes vos medirão a vós, e ser-vos-á ainda acrescentada a vós que ouvis.

4:25 Porque ao que tem, ser-lhe-á dado; e, ao que não tem, até o que tem lhe será tirado.

4:26 E dizia:
O reino de Deus é assim como se um homem lançasse semente a terra.

4:27 E dormisse, e se levantasse de noite ou de dia, e a semente brotasse e crescesse, não sabendo ele como.

4:28 Porque a terra por si mesma frutifica, primeiro a erva, depois a espiga, por último o grão cheio na espiga.

4:29 E, quando já o fruto se mostra, mete-se-lhe logo a foice, porque está chegada a ceifa.

4:30 E dizia:
A que assemelharemos o reino de Deus?
Ou com que parábola o representaremos?

4:31 É como um grão de mostarda, que, quando se semeia na terra, é a menor de todas as sementes que há na terra;

4:32 Mas, tendo sido semeado, cresce; e faz-se a maior de todas as hortaliças, e cria grandes ramos, de tal maneira que as aves do céu podem aninhar-se debaixo da sua sombra.

Nenhum comentário: