CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA

CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA
CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA - SEDE

23 de mar de 2010

Bíblia - A revelação de Deus para a humanidade


Ela é a bússola que orienta a vida do homem.
Antiga e sempre atual, a Bíblia, o livro mais vendido no mundo, está ao alcance de todo aquele que deseja conhecer a Deus e fazer Sua vontade.
Com tantas traduções, especulações, ataques e até mesmo descrédito, a Bíblia está sempre viva e firme na contramão de ciências humanas e pessoas que insistem em menosprezá-la.
Foi escrita em 66 livros, num período de 1.600 anos por mais de 40 autores diferentes, de fazendeiros a reis que tiveram estilo, cultura, temperamento e características preservados na escrita.
Os textos foram redigidos em duas línguas principais e distintas (grego e hebraico). As situações descritas aconteceram em muitos países, abordando inúmeros assuntos.
E, apesar disso, a Bíblia apresenta uma unidade que só seria possível se um único escritor fosse responsável por todo o seu conteúdo
O autor da Bíblia é Deus, que revelou Sua mensagem à humanidade.

Sem a Bíblia, podemos crer na existência de Deus, mas não saberíamos quem Ele é, como é, se deseja ou espera algo de nós ou como podemos conhecê-lO.
Dúvidas sobre os fatos descritos na Bíblia surgem de toda parte, mas muitas pessoas para quem a Palavra é um livro de mitologias ou está cheia de contradições e erros nunca a leram nem estudaram as questões sobre as quais discutem.

No livro "Fundamentos Cristãos - a Bíblia em 12 Lições", Editora Vida, Max Anders afirma que o processo de Deus comunicar-se de forma confiável com a humanidade implica quatro aspectos diferentes:

1) Revelação - Relaciona-se com o fato de Deus desvendar a si mesmo e a verdade ao homem;
2) Inspiração - Refere-se ao ato de Deus supervisionar o processo de registro de Sua revelação sem erros;
3) Iluminação - Relaciona-se ao ministério do Espírito Santo, que capacita o cristão a entender adequadamente as Escrituras;
4) Canonicidade - Referente ao processo de reconhecer e compilar as Escrituras.

Preciosidade

Será que temos noção do quanto é importante para nossa vida meditar nas Escrituras? Do quanto podemos aprender e evoluir na vida cristã e pessoal?
Para sermos prósperos, precisamos meditar e encher o coração com a Palavra de Deus, pois Ele mesmo disse que "o homem não viverá só do que se alimenta, mas de tudo o que sai da boca do Senhor" (Dt 8:3).
É um princípio básico:
para fazermos a vontade de Deus temos que conhecer e estar sustentados em Sua palavra.
Falando em sustento, temos o hábito de fazer três refeições básicas por dia, mas não podemos nos esquecer de que nosso espírito deve ser alimentado com a mesma constância e não apenas quando vamos à igreja
(Pv 4:20-23).
Além de utilizarmos a Bíblia como nossa regra de fé e prática, temos que semeá-la em nosso coração.
Em Marcos 4, na parábola do Semeador, aprendemos que se semearmos no Seu espírito, colheremos bom fruto.
Para colher um bom fruto, temos que limpar o solo e arrancar as ervas daninhas, ou seja, tirar do coração a incerteza, o rancor, a preguiça e tudo o mais que nos impeça de ler e crescer na graça e no conhecimento.
Quando meditamos na Bíblia, começamos a pensar como Deus pensa e logo a seguir agiremos como Ele agiria se estivesse na nossa posição.
A Bíblia é um livro transformador.
"Estudá-la é fundamental para a vida de todo o crente no Senhor Jesus.
Além dos benefícios de conhecer a Deus, por meio dela temos uma preparação para cumprir o ‘Ide' de Jesus.
A leitura da Palavra é um dever para todos os cristãos (Gl 3.16).
Ela nos orienta contra o pecado ( Sl 119.11) e quem ouve e guarda a Palavra de Deus é uma pessoa feliz (Lc 11.28)".
O crescimento espiritual do crente não é algo automático.
Requer empenho e comprometimento no estudo da Bíblia.
"Em Hebreus 6:1 vemos que precisamos avançar para a maturidade cristã; em II Pedro 3: 18 vemos a necessidade do crescimento no conhecimento.
Isso vale para toda nossa vida".

Assumir um compromisso com Deus de ler Sua palavra é um grande passo para não desistirmos de ler a Bíblia.
Com a leitura sistemática da Palavra, com meditação, permitimos que o Senhor nos fale ao coração.
Davi compara a Bíblia a uma lâmpada (Salmo 119:105) e João, em Apocalipse 1:3, diz ser "Bem-aventurados aqueles que lêem e aqueles que ouvem as palavras da profecia e guardam as cousas nela escritas, pois o tempo está próximo".

Um comentário:

martins111 disse...

TEMOS NOVAS REVELAÇÕES
Convidamos encarecidamente, o autor da presente e excelente página de assuntos cristãos, que venha urgentemente ver as revelações as quais estamos disponibilizando para o mundo na internet. Nosso endereço: http://joaorevela.blogspot.com/
EM NOSSA REVELAÇÃO O ESPÍRITO SANTO VERDADEIRO, DEMONSTRA A SEQUÊNCIA PROFÉTICA DE EZEQUIEL 38 E 39. TRATA-SE DE UMA SEQUÊNCIA DE FATOS EM CONTAGEM REGRESSIVA PARA A GRANDE BATALHA CONTRA ISRAEL POR PARTE DA RUSSIA E SEUS ALIADOS, E POSTERIORMENTE O DILÚVIO DE FOGO SOBRE A HUMANIDADE OU SIMPLESMENTE O TERCEIRO CONFLITO MUNDIAL. Esperamos com tal divulgação, quem sabe, possamos mudar o desígnio da divindade, do presente para o futuro. Atenciosamente, João Joaquim Martins.