CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA

CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA
CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA - SEDE

20 de mar de 2010

GENESIS




Caim é um personagem do Antigo Testamento da Bíblia, sendo o filho primogênito de Adão e Eva.
Era um lavrador.
Em hebraico, קַיִן, Caim significa lança, sendo que a sua transliteração seria Qayin. Este nome também é associado a uma outra forma verbal, "Qanah", que pode significar "obter" ou "provocar ciúme".
Algumas obras associam o nome com a expressão "algo produzido".
Gênesis (português brasileiro) ou Génesis (português europeu) (do grego Γένεσις, "origem", "nascimento", "criação") é o primeiro livro da Bíblia.[1][2]
Faz parte do Pentateuco, os cinco primeiros livros bíblicos, cuja autoria é atribuída, pela tradição judaico-cristã, a Moisés.
Gênesis é o nome dado pela Septuaginta ao primeiro destes livros, ao passo que seu título hebraico Bereshit ("No princípio") é tirado da primeira palavra de sua sentença inicial.

Os descendentes de Caim

Após ter matado Abel, Caim teria partido para a "terra da Fuga (Nod ou Node), ao leste do Éden", levando consigo a sua esposa, uma anónima filha de Adão e Eva. Após o nascimento de seu filho, Henoc (Enoque), Caim empenhou-se em construir uma cidade, dando-lhe o nome do seu filho.
Caim assassinando Abel em manuscrito do Século XV.

Os descendentes de Caim são alistados em parte, e incluem homens que se distinguiram pela pecuária nómada, por tocarem instrumentos musicais, por forjarem ferramentas de metal, bem como alguns conhecidos por praticarem a poligamia e a violência.
(Gênesis 4:17-24)
Segundo a Bíblia, a descendência de Caim terminou com o Dilúvio dos dias de Noé.

O texto bíblico de Gênesis deixa implícito que Caim poderia ter sido assassinado por seu descendente Lameque, quando fala sobre o castigo que este enfrentaria:

E disse Lameque a suas mulheres:
Ada e Zilá, ouvi a minha voz; vós, mulheres de Lameque, escutai o mei duto: porque eu matei um varão, por me ferir, e um jovem, por me pisar.
Porque sete vezes Caim será vingado; mas Lameque, setenta vezes sete.
(Gênesis 4:23-24)

Autor: Indeterminado (a tradição judaico-cristã sustenta ter sido Moisés);
Data: 1450-1410 a.C.
Significa: começo, princípio, origem;
Primeiro livro da Bíblia e primeiro do Pentateuco;
Possui 50 capítulos;
Contém uma história da criação do mundo, da humanidade, da queda do homem e da escolha da nação de Israel por Deus.
Panorama: Região atualmente conhecida como Oriente Médio.

Nenhum comentário: