CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA

CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA
CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA - SEDE

13 de mar de 2010

CURIOSIDADE IIII

ECLESIASTES
Do grego ekklesiastes, o que se assenta e fala a uma assembléia ou a uma igreja.
Esse livro pode ser considerado como obra original do rei Salomão, filho do rei Davi, rei de Jerusalém, o qual excedeu em sabedoria e riqueza a todos os que o precederam.
O livro registra os sentimentos, experiências e observações feitas por um sábio, o rei Salomão.

ECROM
Extirpação.
Foi uma das cinco cidades principais dos filisteus (Js 13:3;1 Sm 6:16) a qual foi partilhada à tribo de Judá e depois à tribo de Dã.
Porém, a linha divisória com Judá passava por detrás dela fazendo com que os homens dessa tribo a tomassem para si.
Mais tarde, os filisteus a tomaram para si.
Não se encontrou nenhuma relíquia do seu tempo.

EDOM
Vermelho.
Nome da região ocupada pelos descendentes de Edom ou Esaú.
Antes se chamava monte Seir (Gn 32:3; 36:20-21,30).
No tempo da décima sexta ou décima sétima dinastia, e até mesmo já na duodécima dinastia dos faraós, esse povo era conhecido no Egito pelo nome de Edima.

EFÉSIOS, EPÍSTOLA AOS
A Epístola aos Efésios foi escrita pelo apóstolo S. Paulo quando este esteve prisioneiro em Roma no ano 62 d.C. (At 24:27).
A Epístola é dirigida aos santos que estavam na cidade de Éfeso e aos fiéis de Cristo.
Algumas autoridades antigas omitiam as palavras “em Éfeso”.
Os dois principais manuscritos, o Sinaítico e o Vaticano, também as omitem.
Desde muito que existiam opiniões diferentes a esse respeito, porém, a tradição da Igreja as adotou.
A explicação mais razoável é que a Epístola era uma carta circular dirigida a todas as Igrejas da província da Ásia, e que, sendo Éfeso uma das principais, a epístola foi considerada como dirigida esta.
O tema principal da epístola (Ef 1:22) é o estabelecimento da Igreja, sendo considerada como o corpo inteiro de Cristo.

EGITO
Os gregos, desde o tempo de Homero, designavam o Egito pelo nome de Aigyptos.
Os próprios egípsios da antigüidade davam à sua terra natal o nome de Kam~t, quer dizer negro, por ser esta a cor do solo.
Para os cananeus era a terra de Misru, a terra fortificada ou fechada por causa das fortificações levantadas na frente asiática do istmo de Suez, ou simplesmente o nome dado ao país sem referência alguma aos seus meios de defesa.
Este nome Misru também foi empregado pelos hebreus, porém, na forma dual Misraim, ou dois Egitos que vem a ser o Alto Egito ou meridional e o Baixo Egito ou setentrional, do modo pelo qual os seus habitantes o dividiam.

ENOQUE
Iniciado.
Nome de um dos descentes de Jarede, progenitor de Matusalém.
Enoque viveu 365 anos e andou com Deus, figuradamente falando.
É o único de sua geração que não viu a morte porque Deus o tomou (Gn 5:18-24; Hb 11:5) o trasladara.

EPÍSTOLAS
Assim são chamados os vinte e um livros do Novo Testamento.
Os mais antigos desses livros antedatam os evangelhos.
As epístolas são classificadas em três grupos, sendo o primeiro as epístolas paulinas, escritas pelo apóstolo S. Paulo; segundo as epístolas pastorais; e terceiro as epístolas católicas.

ESAÚ
Peludo.
Filho de Isaque e Rebeca (Gn 25:21-26).
Esse nome lhe foi dado por ter nascido com o corpo coberto de pêlo parecido com uma espécie de pele.
Foi hábil caçador e trazia para seu pai Isaque as carnes dos animais que matava durante a caça.

ESCRIBA
Notário público, empregado para escrever o que lhe ditavam e lavrar documentos públicos.
Homem encarregado de fazer cópias das Escrituras.
O mais notável dos escribas foi o sacerdote Esdras doutor muito hábil na lei de Moisés e que tinha preparado o seu coração para buscar a lei de Deus e para cumpri e ensinar em Israel os seus preceitos e as suas ordenanças da Lei.
Ele é o protótipo dos escribas de sua época e que era ao mesmo tempo intérprete oficial da lei.
Os escribas se dedicavam ao estudo das escrituras em geral e também aos assuntos históricos e doutrinais.

ESDRAS
Um famoso profeta, descendente de Sadoque e Finéias, escriba perito na lei de Moisés.
Estava sempre pronto a cumprir e ensinar a lei do Senhor de Israel.
Seu livro compõe-se de duas partes: a primeira parte é a narrativa da volta dos judeus vindos de Babilônia com Zorobabel, no ano 538 a.C., restabelecimento do culto divino e reconstrução do templo (Ed 1:6); e a segunda narração da volta de um segundo corpo de retirantes sob a direção de Esdras no ano 458-457 a.C., e das medidas enérgicas que tomou a fim de impedir que os judeus continuassem tomando para si mulheres estrangeiras estranhas a fé do povo israelita.

ESMERALDA
Pedra preciosa em geral de cor verde.
Nas escrituras é descrita como pedra que brilha como um relâmpago.
Usava-se como objeto de adorno.
Ocupava o terceiro lugar na primeira linha de pedras preciosas do Racional do Juízo (Êx 28:18; 39:11), usado pelo Sumo Pontífice.

ESPECIARIAS
Os antigos tinham a maior parte das especiarias que hoje conhecemos e apreciamos muito.
Serviam-se delas para temperar a carne (Ez 24:10); para dar sabor agradável aos vinhos (Ct 8:2); para perfumar pessoas e camas (Et 2:12; Sl 45:8; Pv 7:17) e para preparar os mortos (2 Cr 16:14; Jr 34:5; Mc 16:1).
O negócio das especiarias era cuidadosamente estimulado e protegido, sendo largamente sustentado da Arábia e ao longo da costa da palestina até ao Egito, (Gn 37:25), indo ainda mais adiante.

ESPÍRITO
A palavra espírito é citada de diversas formas nas Escrituras Sagradas. Provavelmente o uso diga respeito a parte imaterial do ser humano; entidade sobrenatural ou imaginária; inteligência.

ESTER
Do persa sitarch, estrela.
Nome de uma jovem hebréia, filha de Abiail, da tribo de Benjamim (Et 2:15).
O nome hebráico era Hadassah, que quer dizer mirto.
Ainda muito jovem, ficou órfã de pai e mãe; cresceu na cidade de Susa, capital da Pérsia, e foi educada ali por Mardoqueu, seu primo, que a adotou como filha. Casou-se com Assuero rei da Pérsia.

ESTEVÃO
Grinalda ou coroa.
Estevão foi o primeiro mártir cristão, tinha nome grego (At.6:8).
A perseguição que foi feita contra ele foi movida pelos judeus que falavam o grego e por isso presume-se também que ele era um dos helenistas judeus que viera de fora. Foi homem notável; cheio de fé; revelou-se grande pregador dotado com o poder de curar e operar milagres.
Sua atividade cristã provocou a primeira perseguição à igreja de Jerusalém (At 4:5). Os gregos estrangeiros das sinagogas acusaram Estevão de blasfemar contra Moisés e contra Deus e por dizer que Jesus haveria de destruir o templo e mudar as tradições deixadas por Moisés.
Seu nome consta em primeiro lugar na lista de Sete diáconos escolhidos pela igreja de Jerusalém por sugestão dos apóstolos para presidirem a serviço dos pobres.

ESTRELA DA MANHÃ
Cristo é a estrela da manhã.
Em Malaquias 4:2, ele é revelado como o Sol, mas em Apocalipse 22:16.
Ele é revelado como a Estrela da manhã.
Sendo o Sol, Ele está relacionado principalmente com as pessoas da terra, mas sendo a Estrela da manhã, Ele está relacionado com os seus santos vigilantes.

EVA
Vida.
Nome dado à primeira mulher, como consta no livro do Genesis (Gn 3:21-22).
O nome significa mãe de toda a criatura humana.
Após a sua criação, Deus a trouxe a Adão para que lhe servisse de companheira.

EVANGELHO
Boas-Novas.
Como se emprega atualmente significa a mensagem anunciada pelo Cristianismo e os livros em que se registra a história da vida e dos ensinos de Cristo.
Tinha o mesmo sentido na língua grega, cujo vocábulo evaggelion serviu de origem à palavra latina evangelium da qual originou-se a nossa.

EXÔDO
Saída.
Nome do segundo livro de Pentateuco.
O livro traz a narrativa da partida dos israelitas, depois de ter sido devidamente emancipados do cativeiro do Egito.
Nele estão contidos a maior parte da história do povo de Israel durante toda a peregrinação entre os fatos temos o crescimento do povo, as opressões sofridas, as primeiras pragas, passagem do Mar Vermelho e a construção do tabernáculo.
Temos uma divisão em duas partes: Histórica (Êx 7-12; e, Êx.19-34), Legislativa.

EZEQUIEL
Deus é fortaleza.
Nome de um dos maiores profetas judaicos, filho de Busi, de família sacerdotal (Ez 1:1).
Ezequiel passou a juventude perto de Jerusalém durante o ministério do profeta Jeremias.
Partilhou as amarguras do cativeiro do povo de Israel, com o rei Joaquim, oito anos depois do exílio de Daniel.
Dentre as profecias notáveis de Ezequiel, há a que diz respeito às conseqüências na vida de uma pessoa devido ao seu próprio comportamento.
Ele teve visões sobre restaurações dos templos de Israel.

Nenhum comentário: