CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA

CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA
CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA - SEDE

13 de mar de 2010

+ CURIOSIDADES

PADÃ-ARÃ
Também chamada de Mesopotâmia, país entre os termos do rio Tigre e Eufrates, a terra para qual Jacó foi enviado por seu pai, a fim de tomar para si uma esposa dentre as filhas de seus parentes (Gn 28:2).

PALAVRAS
Em Apocalipse 16, é nos dito que “da boca saía-lhe uma afiada espada de dois gumes”. Em Cantares 5.16 “o seu falar é muito doce”, e nos Evangelhos “palavra da graça” procediam da sua boca (Lc 4:22); mas aqui “da boca saía-lhe uma afiada espada de dois gumes”.
Essa palavra de Deus que discerne, que julga que “mata” (Hb 4:12; Ef 6:17).
As “palavras de graça” são para o seu suprimento de graça aos seus favorecidos, ao passo que “a afiada espada de dois gumes” é para o seu tratamento com as pessoas e coisas negativas.

PALMO
A largura da mão estendida, (Ex 25:25).
O Salmista emprega essa medida como símbolo da brevidade da existência humana, (Sl 39:5).
Medida da dimensão das bordas das mesas destinadas aos holocaustos em (Ez 40:43).

PÃO DA VIDA
A palavra de Deus é o alimento para o nosso espírito.
A Bíblia o livro mais admirável e mais publicado no planeta, é um verdadeiro banquete espiritual. Suas palavras foram inspiradas por Deus e são os mais puros alimentos (Mt. 4:4) Jesus disse: “Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus”.

PARÁBOLA
Método empregado no discurso por meio do qual as verdades morais ou religiosas são ilustradas por analogias com fatos da vida comum.
A comparação pode ser feita por meio de palavras semelhantes ou pela idéia contida na parábola.
Os limites entre parábola, símile e metáfora não estão bem determinado muitas vezes nota-se pequena diferença, por exemplo, a símile e a metáfora são breves, enquanto a parábola é relativamente longa.
Jesus utilizou muitas parábolas para transmitir seus ensinamentos à multidão e aos seus discípulos.

PARAÍSO DE DEUS
O paraíso de Deus em Apocalipse 2:7 não é o
jardim do Éden e sim a Nova Jerusalém vindoura.
O paraíso em Lucas 23:43 e o lugar agradável e
repousante onde Abraão e todos os santos mortos
estão (Lc 16:23-26); mas “O paraíso de Deus
nestes versículos é a Nova Jerusalém (3:12; 21:2,
10; 22:1-2, 14, 19) que será a porção comum de
todo o povo
redimido de Deus”.

PATRIARCA
Nome que se dá ao chefe de uma raça.
O Novo Testamento aplica esse termo aos fundadores da raça e da nação hebréia: a Abraão (Hb 7:4), aos doze filhos de Jacó (At 7,8,9) e ao rei Davi.
Em geral dá-se esse nome aos piedosos chefes das famílias, mencionados no Antigo Testamento, anteriores a Moisés, como eram os patriarcas antediluvianos, cuja linhagem se acha no livro de Gênesis 5.
No regime patriarcal, o governo da tribo era a vontade individual do patriarca, como direito paternal, que residia a princípio no progenitor da tribo, passando dele para o primogênito, ou para o mais velho da linha genealógica.
O chefe de cada família que se formava pela expansão da tribo, exercia iguais funções dentro da sua esfera.

PAULO
Em grego Paulos, derivado do latim Paulus que quer dizer pequeno.
Nome do grande apóstolo dos gentios.
O nome judáico anterior era Saulo; no hebreu, Shaul, no grego Saulos; assim denominado nos Atos dos Apóstolos, mesmo após sua conversão ao cristianismo (que ocorreu quando ia à Damasco com o propósito de perseguir e matar aos seguidores de Jesus (At 9) do qual havia sido antes grande perseguidor, chegando mesmo a matar alguns que professavam a fé cristã.
Celebrizou-se por seus grandes conhecimentos rabínicos.
Escreveu várias epístolas, as chamadas Epístolas Paulinas.

PECADO
Qualquer falta de conformidade com a lei de Deus, ou qualquer transgressão da mesma. Pecado de omissão consiste em deixar de fazer o que a lei de Deus ordena; e pecado de comissão em fazer o que a lei proíbe; transgressão dos preceitos religiosos.

PEDAGOGO
Tradução em Gálatas 3:24-25, o vocábulo grego Paidagogos, pessoa que dirige o ensino de crianças.
As nossas versões dizem pais em (1 Co 4:15).
O Paidagogos ou pedagogo entre os gregos era um escravo de confiança ao qual se entregava a educação das crianças, e que as acompanhava fora de casa.
Era responsável pela segurança, guardava-as de más companhias, conduzi-as à escola e de lá as trazia para casa.
A lei foi um pedagogo para nos conduzir a Cristo; preparou-nos para recebê-lo como nosso redentor; manifestou a justiça de Deus, convenceu-nos do pecado; as suas ameaças obrigavam-nos a buscar refúgio contra a ira e maldição divina.
Tornou patente a impossibilidade de alcançarmos a salvação nos tipos e cerimônias, alimentando a fé no Salvador que havia de vir (Gl 3:24; Rm 3:19-21).

PEDRAS BRANCAS
Uma pedra na Bíblia significa material para a edificação de Deus.
O homem não foi feito de pedra, mas de pó (Em 2:7).
Em certo sentido, o homem é apenas barro, e Romanos 9 revela que homem é simplesmente um vaso de barro.
Entretanto, quando o Senhor encontrou Simão Pedro pela primeira vez, imediatamente mudou o seu nome de Simão para Cefas, que significava “uma pedra” (Jo 1:42).
Veja o sonho de Jacó em Gn 28.
Quando acordou do sonho, ele tomou a pedra que havia usado como travesseiro e chamou-a de a casa de Deus.
Em 1 Coríntios 3, Paulo revela que pedras preciosas devem ser usadas para a edificação da igreja, e em Apocalipse 21 vemos que pedras preciosas são materiais na Nova Jerusalém.
Quando colocamos todos esses versículos juntos, vemos que uma pedra representa uma pessoa transformada.
Não podemos compreender um versículo como (Ap 2:17) por si só; devemos considerá-lo no contexto de toda a Bíblia.
O Senhor promete ao vencedor que lhe daria uma pedrinha branca.

PEDRO
Rocha.
Forma grega da palavra aramaica Cefas que quer dizer pedra, rocha, nome esse que Jesus deu a Simão, quando esse compareceu pela primeira vez à sua presença e que depois explicou nas palavras proféticas (Mt 16:13-19).
Simão era filho de um certo João ou Jonas o qual exercia juntamente com seus filhos a profissão de pescador no Mar da Galiléia.

PÉS SEMELHANTES AO BRONZE POLIDO
Em Apocalipse 1:15 diz: “Os pés, semelhantes ao bronze polido, como o que refinado numa fornalha”.
Os pés representam o andar.
O bronze, em tipologia, simboliza o julgamento divino (Êx 27:1-6).
Quando Cristo estava na terra, Seu andar foi testado, Ele saiu resplandecendo. “Agora, os Seus pés são semelhantes ao bronze polido” (Ez 1:7; Dn 10:6) significando que Seu andar perfeito e resplandecente O qualificava para efetuar o julgamento divino.
O andar de Cristo foi provado pelos sofrimentos, até mesmo pela sua morte na cruz. Por isso, o Seu andar é resplandecente como o bronze reluzente, o que fez digno de julgar os injustos.
Quando Ele vier possuir a terra julgando-a, os Seus pés serão como colunas de fogo (Ap 10:1).

PILATOS
Pôncio Pilatos foi o quinto governador romano da Judéia depois da deposição de Aquelau no Ano 6 da era cristã.
Desejava fazer justiça sempre que não afetasse seus próprios interesses, evitava praticar atos criminosos sempre que não lhe fosse pesado.
Mas nada fazia a custo de pesados sacrifícios.
No julgamento de Jesus Cristo (Mt 27:11) absteve-se de culpa na sua crucificação.

POÇOS DE SAL
Poços feitos na praia do Mar Morto, para que possam encher-se, quando a água em tempo de cheia sobe e se espraia até certa distância
Quando baixam as águas (Sf 2:9) a dos poços e evapora rapidamente, deixando uma camada de sal.

POMBA
A pomba é símbolo do Espírito Santo.
Na Bíblia é descrita como uma ave com belos olhos, voz gemente, com disposições graciosas e gentis, dotada de simplicidade (Cl 1:15).
A pomba é ave tímida e treme quando lhe causam medo; em estado selvagem freqüenta vales, constrói ninhos à entrada das grutas.
Nas Ecrituras, (Mt 10:16), Jesus refere-se às pombas como modelo de simplicidade.

POTIFAR
Pertencente ao sol.
Nome do capitão das guardas de Faraó, de quem José foi escravo.
Sua mulher tentou seduzir o jovem cativo, porém, ele a desprezou fugindo.
Furiosa pela rejeição a mulher induziu seu marido a aprisioná-lo acusando José de sedutor (Gn 39).

PRATA
Metal precioso, cujas origens se encontraram no seio da terra (Jó 28:1).
A prata derrete-se na fornalha para ser purificada de corpos estranhos, (Sl 12:6; Pv 17:3; 25:4; Ez 22:22).
Vinha da Arábia (2 Cr 9:14; 1 Re 10:22, 27); de Társis, (Jr 10:9; Ez 27:12).
Desde a mais remota antiguidade servia para realizar tomações (Gn 23:16; 37:28). Como não existia ainda a prata em moeda, o seu valor se calculava pelo peso (Jó 28:15; Is 46:6).
A prata amoedada só começou a vigorar entre os judeus muito depois da volta do cativeiro.

PREGAR
Pronunciar sermões; v. evangelizar; preconizar, louvar; alardear.

PREGADOR
Aquele que faz pregações evangélicas e discursos religiosos.

PRESBITÉRIO
Nome que se dava à coletividade dos anciãos, presbyteroi, da Igreja.

PRIMOGENITURA
Os primeiros filhos nascidos de um casal gozavam de certos direitos e privilégios que não eram partilhados pelos outros filhos mais moços.
O filho mais velho, ordinariamente, gozava os direitos de sucessão na família de que se tornava chefe e representante.
Herdava em dobro na herança paterna, direito garantido aos primogênitos mesmo quando fosse filho da mulher menos amada, se o pai tivesse mais de uma (Dt 21:17; 2 Rs 2:9).
Os direitos de primogenitura podiam ser vendidos a um irmão mais moço, como fez Esaú com Jacó (Gn 25:29, 34) e também transferido no caso de faltas ou crimes praticados pelo primogênito (2 Cr 5:1).

PROFECIA
Predição do futuro por um profeta.

PROFETA
Mestre infalível com autoridade para falar em nome de Deus.
Falando da ordem dos profetas no sentido de uma corporação.
Constituíam uma classe de homens que Deus chamava para se dirigirem ao povo, dando-lhes palavras e conferindo-lhes autoridade para falar em seu nome.

PROVÉRBIOS
Livro poético que trata da piedade prática, acha-se depois do livro de Salmos.
Nesse livro contém vários conselhos referentes à vida prática e a respeito de vários assuntos.
Os provérbios de Salomão não foram todos escritos pelo rei, alguns são atribuídos a ele, porém, há alguns de autores autônomos e desconhecidos.

Nenhum comentário: