CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA

CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA
CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA - SEDE

18 de mar de 2010

Tenho, porém, contra ti!

2:20-23 – Tenho, porém, contra ti o tolerares que essa mulher, Jezabel, que a si mesma se declara profetisa, não somente ensine, mas ainda seduza os meus servos a praticarem a prostituição e a comerem coisas sacrificadas aos ídolos.
21 Dei-lhe tempo para que se arrependesse; ela, todavia, não quer arrepender-se da sua prostituição.
22 Eis que a prostro de cama, bem como em grande tribulação os que com ela adulteram, caso não se arrependam das obras que ela incita.
23 Matarei os seus filhos, e todas as igrejas conhecerão que eu sou aquele que sonda mentes e corações, e vos darei a cada um segundo as vossas obras

Crítica – Tenho, porém, contra ti...:

O problema principal da igreja em Tiatira foi uma atitude tolerante em relação a uma falsa profetisa.
É possível que a mulher realmente chamava-se Jezabel, mas é mais provável que Jesus tenha escolhido este nome por representar toda a maldade da mulher do rei Acabe no século IX a.C.
Ela teve uma influência terrível em Israel, conduzindo o povo à idolatria.
A Jezabel de Tiatira agiu de maneira semelhante, seduzindo os cristãos às práticas de idolatria e prostituição (imoralidade sexual literal, ou impureza espiritual).
Ela incentivou os servos de Deus a comerem coisas sacrificadas aos ídolos, uma prática condenada que representa comunhão com os demônios (veja Atos 15:20,29; 1 Coríntios 10:19-22).

O problema da igreja foi a sua tolerância para com a falsa profetisa.
O povo de Deus deve repreender e rejeitar falsos mestres (Efésios 5:11; Romanos 16:17-18; Gálatas 1:6-9; Tito 3:10-11).
A igreja em Tiatira, possivelmente enfatizando o amor ao ponto de esquecer da pureza da doutrina, tolerava esta falsa mestra.
Devemos sempre lembrar que a sabedoria de Deus é mais importante do que a paz com homens (Tiago 3:17; Mateus 10:34-38).

Dei-lhe tempo para que se arrependesse...: Jesus é longânimo e paciente (Romanos 2:4). Ele deu tempo suficiente para Jezabel se arrepender, mas ela não quis.

Eis que a prostro de cama...: Esta não é a cama da prostituição (ela já se deitava naquela cama por vontade própria), mas a cama de doença e sofrimento.
Jesus forçaria esta mulher e seus cúmplices a se deitarem na cama de tribulação (Mateus 8:14; 9:2).

Matarei os seus filhos: Pode ser que ele se refere literalmente aos filhos da profetisa, mas a palavra “filho”, freqüentemente, se refere às pessoas que seguem o ensinamento ou o exemplo de alguém. Assim, os descendentes de Abraão são aqueles que praticam as mesmas obras que ele praticou (João 8:39), e os filhos do diabo são aqueles que imitam as obras dele (João 8:44).
Da mesma maneira, é provável que os filhos de Jezabel sejam aqueles que seguiam os seus ensinamentos e praticavam as obras dela.
Se não se arrependessem, Jesus mataria os malfeitores.

Todas as igrejas conhecerão...:
O castigo divino tem vários propósitos.
Um destes, obviamente, é o castigo dos culpados.
Neste caso, Jesus prometeu matar as pessoas que praticaram a idolatria e a prostituição, caso não se arrependessem.
Mas há um segundo motivo atrás deste castigo.
A morte de alguns serviria de alerta para outros.
As igrejas entenderiam que Jesus realmente sabe de tudo que acontece, e que ele julga retamente segundo as obras de cada um.
Observamos a importância da disciplina divina para deter o pecado dos outros.
Veja alguns exemplos:
Acã (Josué 7; 22:20); Ananias e Safira (Atos 5:11); A correção pública de pecadores (1 Timóteo 5:20).
Nós devemos aprender as lições dos pecados do passado, e considerar as conseqüências da desobediência.

2:24-25 – Digo, todavia, a vós outros, os demais de Tiatira, a tantos quantos não têm essa doutrina e que não conheceram, como eles dizem, as coisas profundas de Satanás: Outra carga não jogarei sobre vós;
25 tão somente conservai o que tendes, até que eu venha.

O encorajamento aos demais de Tiatira: Ele já falou sobre os filhos de Jezabel.
Agora ele encoraja os outros, os discípulos fiéis que não aceitam a doutrina dela e não participam do conhecimento das “coisas profundas de Satanás”.
Algumas pessoas não buscavam as “profundezas de Deus” (1 Coríntios 2:10) pois queriam conhecer as profundezas do diabo.
Pode ser uma referência à busca de conhecimento profundo (mas não da revelação da palavra de Deus) típica dos gnósticos.
Outra carga não jogarei...: Manter a pureza no meio da influência negativa em Tiatira e sob pressão de falsos ensinamentos como o de Jezabel já seria difícil.
Jesus não exigiria mais do que isso.
Ele não permite que seus servos sejam tentados além de suas forças (1 Coríntios 10:13).

2:26-29 – Ao vencedor, que guardar até ao fim as minhas obras, eu lhe darei autoridade sobre as nações,
27 e com cetro de ferro as regerá e as reduzirá a pedaços como se fossem objetos de barro;
28 assim como também eu recebi de meu Pai, dar-lhe-ei ainda a estrela da manhã.
29 Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.
Ao vencedor:
O vencedor é aquele que guarda as obras de Cristo até ao fim.
Novamente, ele destaca a necessidade da perseverança, mesmo quando enfrentamos tribulações.

Autoridade sobre as nações: Os cristãos perseguidos foram vítimas da maldade dos homens poderosos deste mundo, até do poder do governo.
Mas os vencedores dominariam sobre as nações com o poder do Ungido de Deus (compare a linguagem deste texto com Salmo 2:8-9).
Jesus daria aos fiéis o privilégio de participar deste vitorioso reino messiânico (veja 5:9-10; Romanos 5:17; Efésios 2:6).
A estrela da manhã: Jesus é a estrela da manhã (22:16; veja 2 Pedro 1:19).
Qual maior recompensa para o vencedor do que chegar ao eterno dia iluminado para sempre pela luz de Jesus?

Quem tem ouvidos, ouça: Como nas outras cartas, Jesus encerra esta com um apelo aos ouvintes.
Prestem atenção!

Conclusão

Jesus vê tudo e faz uma distinção absoluta entre os servos de Satanás e os servos fiéis do Senhor.
Para os que insistem em servir ao diabo, ele promete tribulação e morte.
Para os discípulos dele, ele promete o dia de sua presença e o privilégio de reinar com ele sobre os inimigos.

Nenhum comentário: