CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA

CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA
CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA - SEDE

13 de mar de 2010

CURIOSIDADE II

BAAL
Possuidor, senhor.
O deus sol, exibindo os diferentes aspectos da energia solar, cujo centro de adoração era a Fenícia, donde se irradiou para os países vizinhos. Baal era adorado nos lugares altos de Moabe (Nm 22:41) desde os dias de Balaão e Balaque.
No tempo dos juízes (Jz 2:13) havia altares desse deus dentro dos limites dos israelitas.

BABEL ou BABILONIA

Porta de Deus.
Nome de uma cidade da planície de Senaar.
É a primeira cidade mencionada depois do Dilúvio (Gn 10:10) e nela teve princípio o reino de Nimrode.
É provavelmente a primitiva sede de seu governo.
A torre de Babel (Gn 11) começou a ser edificada em seguida ao Dilúvio, com o intuito de estabelecer um centro de renome e de evitar um movimento dispersivo.

BABILÔNIA, A GRANDE
É o cristianismo apóstata, ela é julgada, (Ap 17 e 18).
A Babilônia aqui representada é religiosa, é a Igreja Apóstata.

BATISMO
O ritual de lavar com água simbolizando a purificação religiosa, ou consagração a Deus, era usada pelos israelitas com muita freqüência, conforme instruções que constam no Pentateuco (Êx 19:4; Lv 15).
Praticavam-se ainda outras ablações, sancionadas pelo uso e costumes sociais.
Crêem muitos que no tempo de Cristo e em tempos posteriores, os prosélitos do Judaísmo eram batizados.
Deste modo, quando João Batista, o precursor, foi enviado por Deus a pregar o arrependimento a Israel, aplicava o batismo (Jo 1:26) a todos que aceitavam a sua mensagem.

BENÇÃOS DOS SEIOS E DO ÚTERO
Em Gênesis 49:25 Jacó falou das bênçãos dos seios e do útero que representam a produção de vida, a sua geração; e os seios simbolizam o seu suprimento.
Em sua criação, Deus somente abençoou as criaturas vivas e o homem (Gn 1:22, 28) não abençoou sua obra efetuada nos quatro primeiros dias: não abençôo o sol, a lua, as estrelas, nem a vegetação sobre a terra.

BENJAMIM
Filho da mão direita.
Nome do filho mais novo dos doze filhos de Jacó e irmão de José, ambos filho de Raquel (Gn 46:1-17).
Quando Jacó se aproximava de Belém Raquel deu à luz a Benjamin e sentindo que ia morrer, chamou-o Benoni ou filho da minha dor; porém, Jacó deu-lhe o nome de Benjamim.

BERENICE
Vitoriosa.
Nome da filha mais velha de Herodes Agripa I, casada com seu tio Herodes, governador de Calcis, o qual morreu logo depois do casamento.
Berenice ajuntou-se com seu irmão Agripa, de modo a provocar escândalo público. Tentou enfraquecer esse escândalo por meio de novo casamento com o rei Polemo da Cilícia.
Porém, se enfadou de Polemo e abandonando-o voltando assim à companhia de Agripa (At 25:23).
Ainda estava em companhia dele quando o apóstolo S. Paulo produziu a sua defesa. Essa mulher foi sucessivamente amante de Vespasiano e Tito.

BERSEBA
Poço dos sete.
Nome de um poço que Abraão cavou no deserto, adjacente ao país dos Filisteus e onde ele e o rei de Gerara fizeram aliança de recíproca amizade (Gn 21;22; 32).
Esse poço já havia sido objeto de discórdia entre os pastores de ambos.
Para sinal de aliança Abraão deu a Abimeleque sete cordeiras que serviriam de testemunhas de como ele havia cavado o poço dos sete, e ali plantou uma tamargueira, invocando o nome do Senhor.
Abraão residiu por muitos anos nesse lugar.

BERILO
Pedra preciosa trazida de um lugar que tem o mesmo nome, (Êx 28:20).
Era encastoada na quarta ordem das pedras preciosas que ornavam o Racional do Juízo. O nome berilo do grego Beryllos dá-se ao oitavo fundamento da Nova Jerusalém (Ap 21:20).
O berilo é produto mineral, constituído de sílica, alumínio e berilo glucinum.
Varia de transparência, ora tem a cor de água marinha, ora de um verde escuro ora de um azul violeta.
É muito aparentado com a esmeralda.
É encontrado na Sibéria, na Índia, no Brasil e em alguns lugares da Grã-Bretanha.

Nenhum comentário: