CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA

CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA
CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA - SEDE

13 de mar de 2010

Curiosidades I

CABELOS BRANCOS
Cabelos brancos são sinal de idade avançada. Os cabelos pretos com o qual o Senhor é retratado em Cantares 5:11, exprimem sua força que é inextinguível e indeterminável. Em Apocalipse 1:14 diz que “Sua cabeça e cabelos eram brancos como alva lã, como neve”. A sua ancianidade provém de sua natureza.
A neve é branca porque vem dos céus e não contém sujeira ou manchas terrenas.
A lã não se torna branca; ela nasce branca e sua brancura advém de sua natureza.
Por isso, a lã branca em Apocalipse 1:14 e em (Dn 7:9) significa que a ancianidade de Cristo advém da sua natureza e não do seu envelhecimento.

CABRITOS
Em Mateus 25:31-46 os cabritos referem-se aos incrédulos que se recusaram alimentar os santos, serão julgados, condenados e jogados no lago de fogo, onde o anticristo e o falso profeta já estarão.

CABO
Uma medida (2 Rs 6: 25) de dois litros.

CAIM
Nome do filho mais velho de Adão e irmão de Abel. Ofereceu à Deus os frutos da terra, como demonstração de reconhecimento pelos benefícios recebidos, mas Deus aceitou o sacrifício de Abel e em um acesso de inveja matou seu irmão (Gn 4: 16-17). Caim fundou a primeira cidade, à qual deu o nome do seu filho Enoque.

CALEBE
Filho de Jafoné (Nm 13:6). Um dos doze espias que, um de cada tribo, foram enviados à terra de Canaã para examiná-la, acontecendo esse fato no segundo ano do Êxodo. Calebe representava a tribo de Judá.

CANÁ
1. Uma cidade de Aser, perto de Tiro, à distância de 16 Km do Mediterrâneo, (Js 19: 28). 2. Um rio que era o limite entre Efraim e Manasses (Js 16: 8).
CÂNCER
Tumor que corrói as partes em que se desenvolve (2 Tm 2:17).
“A linguagem deles corrói como câncer...”.

CAFARNAUM
Aldeia situada na costa noroeste do mar da Galiléia, em um lugar chamado Tele Hum. Era o principal centro comercial e social dessa região durante o ministério de Jesus (Lc 7:1; Mt 8:5).
Ali, sobre a grande estrada entre a Síria e a Palestina, eram recolhidos os impostos de alfândega e se encontrava alojada uma guarnição romana.
Jesus veio a esse lugar após sair de Nazaré, e a casa de Pedro chegou ser sua casa. Nome do último dos cinco livros poéticos do Antigo Testamento conforme a distribuição atual dos livros da Bíblia.
O assunto de Cantares é a mútua afeição e ternura entre esposo e esposa.
As afetuosas relações entre o homem e sua mulher são referidas em muitas passagens das Escrituras para demonstrar a união entre Jeová e o seu povo escolhido.
Às vezes chamado de Cânticos dos Cânticos.
É o último dos cinco livros poéticos do Velho Testamento conforme a distribuição atual dos livros da Bíblia.
O livro dos Cânticos era lido no oitavo dia da festa da páscoa e interpretado alegoricamente com referência à história do Êxodo.
Sua composição tem muitas frases belas e uma prosa lírica.
Muitas vezes é interpretada como uma alegoria do amor de Deus para com povo de Israel e a Igreja.

CHAVE DE DAVI
A chave do reino, com autoridade para abrir e fechar. Representa Deus para abrir todo o universo para ele.
Essa é a chave de Davi segurada por Cristo.
Esse termo significa que Cristo é o centro da economia de Deus, aquele que segura a chave para abrir todas as coisas no domínio de Deus (Ap 3:7).

CHAVES DA MORTE E DO HADES
Em Apocalipse 1.18 diz: “Tenho as chaves da morte e do Hades” (IBB-Ver.).
Devido à queda e ao pecado do homem, a morte e o agora está trabalhando na terra para reunir todas as pessoas pecadora, mas o Senhor Jesus tem as chaves da morte e do Hades.
A morte é-lhe sujeita e o Hades está sobre o seu controle.

CHORAR
Derramar lágrimas; exprimir tristeza.
“Não se podiam discernir as vozes de alegria das vozes do choro” (Ed 3:13).
“Ao anoitecer pode vir o choro” (Sl 30:5).
“Ali haverá choro e ranger de dentes.”
(Mt 8:12; 13:42; 22:13).

COENTRO
Planta hortense e aromática. (Êx 16:31).
“... o Maná como semente de coentro...”.

COLOSSENSES, EPISTOLA AOS
Essa epístola foi escrita durante o tempo em que Paulo esteve preso em Roma pela primeira vez.
Colossos a grande cidade da Frigia, Ásia menor, nas margens do rio Lício a qual tendo em tempos antigos de grande importância, já nos tempos do Novo Testamento estava decadente perante as suas rivais Laodicéia e Hierápolis (Cl 2:1) Foi sede de uma igreja cristã na qual o apóstolo lhe escreve.

COMINHO
Planta umbelífera de sementes muito empregadas como tempero.
Cultivado na Palestina, (Is 28: 25, 27).
Os escribas e fariseus (Mt 23: 23). Pagavam escrupulosamente o dízimo dessa pequena erva.

CONCÍLIO
Assembléia magna para deliberar sobre aspectos de doutrina ou de costumes da vida cristã.
“Mas olhai por vós mesmos (Mc 13:9), porque vos entregarão aos concílios...”.

CONHECIMENTO
Ato ou efeito de conhecer. Deus dá o conhecimento (Êx 31:3; 2). O coração do entendido adquire o conhecimento (Pv 18:15).
Crescer na graça e no conhecimento (1 Pe 3:18).

CONSAGRAÇÃO
O ato pelo qual uma pessoa ou coisa se dedicava ao serviço de Deus (Lv 8:23; 1 Cr 19:5; 2 Cr 29:31; Êx 29:9).
Esse ato inclui a ordenação para exercer qualquer ofício sagrado.

COPEIRO
Nome do oficial que enchia o cálice do rei e lhe
dava, (Gn 40:9-14; Ne 1:11; 2:1-2), ofício muito honroso nos países orientais, só exercido por homens de grande confiança, a fim de evitar envenenamento.

CORINTIOS
O sétimo livro do Novo Testamento. Corinto a capital da província romana da Acaia era notável não apenas por sua riquezas e luxo, pois era uma fortaleza de licenciosidade e luxúrias, alimentada pelo culto à deusa Vênus (1 Cr 3:6; At 18:1-11).
A igreja em Corinto foi fundada pelo apóstolo Paulo na sua segunda viagem missionária.

COROA DA VIDA
Em Apocalipse 2:10 vemos a promessa para o vencedor, a coroa da vida.
Ela será a glória dos mártires vitoriosos.
Uma coroa no Novo Testamento sempre denota um prêmio em adição à salvação, (Ap 3:11; Tg 1:12; 2 Tm 4:8; 1 Pe 5:4; 1
o 9:25).
A coroa da vida, como um prêmio àqueles que são fiéis até a morte em vencer a perseguição, (Fp 3:10) corresponde a força vencedora que é o
poder da vida de ressurreição

CORRENTE DAS ÁGUAS
Voragem, redemoinho no mar. “Não me leve à corrente das águas e não me sorva o abismo...” (Sl 69:15).

CORVO
Ave de cor negra. Onívoro que se alimenta até de carniça (Pv 30:17) é por isso considerado imundo pela lei cerimonial (Lv 11:15).
Noé soltou um corvo da arca o qual não voltou, naturalmente por ter achado nos cadáveres alimento para sua nutrição (Gn 8:7).
Deus usa o corvo para alimentar o profeta Elias duas vezes ao dia enviava-lhe pão e carne.

CRÔNICAS
Dois livros históricos do Antigo Testamento têm esse nome.
os dois livros formam um só volume no cânon do Antigo Testamento hebraico, chamado “Palavra dos Dias”, isto é, judeus incluídos nos Quetubins, ou Hagiógrafos.
Segundo a tradição judaica, foi Esdras o autor das Crônicas, devendo observar-se que a conclusão do segundo livro é igual ao começo do livro de Esdras.

CRUCIFICAÇÃO
A crucificação era um método romano de execução, primeiramente reservado para os escravos. Nesse ato se combinavam os elementos de vergonha e tortura.
O castigo da crucificação começava com a flagelação, depois de o criminoso ter sido despido. Colocava-se, em geral, uma inscrição por cima da cabeça da pessoa (Mt 27:37; Mc 15:26; Lc 23:38; Jo 19:19) em poucas palavras, exprimindo o seu crime.
O criminoso levava a sua cruz ao lugar da execução. Jesus Cristo foi pregado na cruz.
Algumas vezes o condenado era apenas atado a esse instrumento de suplício.

Nenhum comentário: