CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA

CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA
CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA - SEDE

12 de mar de 2010

O que isto faz os outros pensarem de mim?

Aqui está a segunda questão que você necessita perguntar a você mesmo sobre o vestuário do crente: O que isto faz os outros pensarem de mim?
A fim de que você não diga "Não importa o que as outras pessoas pensam de mim", deixe-me ler um versículo ou dois das Escrituras, e então deixe-me ler para você algumas ilustrações da literatura moderna que dizem que importa [a Deus o que as pessoas, com certa razão, pensam mal de você].
Em Provérbios 7:10 as Escrituras têm um aviso ao rapaz contra imoralidade: "E eis que uma mulher lhe saiu ao encontro com enfeites de prostituta, e astúcia de coração." Deus está avisando sobre uma mulher vestida como uma prostituta.
Agora, a pergunta que fazemos é: Como é que uma prostituta se veste?
Tem você, por acaso, visto em um programa de televisão onde eles mostram uma mulher posando como uma prostituta?
Certamente que sim, se você tem assistido televisão até altas horas da noite.
Se você tem assistido algum programa policial, você vê isto.
Ela pode ser realmente uma prostituta, ou ela pode estar posando como uma; ela pode ser um agente secreto, ela pode ser a heroína, ela pode ser a vítima, ela pode ser a garota má, qualquer uma.
Você tem visto isto e você sabe como elas se vestem.
Você sabe exatamente que ela é uma prostituta antes mesmo que eles digam.
Certamente, eles não usam este termo, eles usam a palavra "mulher de vida fácil." Talvez você tenha visto uma TV de notícias que mostra estas mulheres nas ruas como que procurando por emprego.
Tudo que vocês têm que fazer é olhar para o modo como elas estão vestidas.
Uma coisa ruim sobre isto é que algumas pessoas crentes se vestem do mesmíssimo jeito.
Agora, vocês não querem que ninguém pense isto de vocês.
Vocês devem querer saber se as pessoas realmente pensam isto de vocês.
Sim, eles pensam.

Aqui está um artigo da revista McCall’s.
McCall’s não é uma revista cristã.
Se você já a tem lido, você sabe disto.
Os editores não estão tentando defender a fé cristã ou propagar a Bíblia.
Aqui está um artigo na revista McCall’s entitulado "O Que O Seu Comportamento Íntimo Diz Sobre Você.
Eu vou lê-lo.
Ele pode ser ofensivo para alguns, mas as palavras não são nem de perto tão ofensivas como o modo de algumas pessoas se vestirem.
Nós necessitamos ser honestos e francos sobre esta coisa.
Não é ser vulgar, mas sincero.
O autor diz:

"As pernas femininas têm também sido o assunto de considerável interesse masculino como sendo um mecanismo de sinalização sobre comportamento sexual.
A mera exposição de um pedaço da perna tem sido suficiente para transmitir sinais sexuais.
É desnecessário dizer que quanto mais extensa for a exposição das pernas, mais estimulante ela se torna pela simples razão de que ela então se aproxima da primária zona genital

Esta é toda a verdade da questão, amigos, e é melhor que nós acordemos e a compreendamos.
O autor continua, falando sobre a primária zona genital do corpo:

"A primeira maneira de acentuar é empregar artigos do vestuário que destaquem a natureza do órgão escondido debaixo deles.
Para as mulheres isto significa usar calças compridas."
Agora, a pessoa que escreveu isto não é um pregador.
Como é notório neste artigo, ele está lhe ensinando como enviar sinais sexuais pela maneira de como você se veste.
Ele continua:
O modo de enfatizar a natureza dos órgãos do corpo é vestindo estas roupas: calças compridas, shorts, ou maiôs, ou biquinis, etc., as quais, por serem tão justas e apertadas, revelam..."
Isto é o que as pessoas pensam quando eles a vêem vestida desta maneira.
Na revista Family Weekly, eles têm uma seção de perguntas e respostas do tipo falsas ou verdadeiras.
"Pergunta: O que você transmite sem palavras tem mais efeito nas pessoas do que o que você diz?
Resposta: Isto é verdade...
Pergunta: As pessoas usam roupas como um meio de se comunicar com os outros?
Resposta: Verdade. Estudos psicológicos da University of Newcastle, na Inglaterra, têm demonstrado que as pessoas usam roupas para dizer aos outros o que elas querem que eles creiam sobre elas.

Em outras palavras, o vestuário não está tentando dizer aos outros o que ele realmente é, mas está tentando comunicar o seu ideal de auto imagem, o tipo de pessoa que ele deseja ser.
Isto é o que estes especialistas dizem. O que você veste diz alguma coisa sobre você.
Eu sei muito bem que nem todo mundo que usa estes itens de vestuário mencionados no artigo de McCall’s tem um motivo imoral.
Eu sei isto muito bem.
Aqui está o que eu estou tentando fazê-los ver: Quer você goste disto ou não, isto é o que as outras pessoas pensam.
Como um crente, alguém interessado em santidade, em ganhar pessoas para Cristo e conseguir tirar das mentes das pessoas o pecado, necessitamos ser inteiramente diferentes, agir de modo inteiramente diferente.

Quer você compreenda isto ou não, os homens olham para certas partes do corpo, e não interessa se você pensa que isto é bom, mau ou de outra maneira, eles farão isto.
E se você usa roupas que atraia a atenção para aquilo, você está apenas os ajudando no pecado deles.
Eis porque um vestido, a não ser que seja muito apertado, é melhor do que calça comprida, porque um vestido não chama a atenção para aquela parte do corpo que o povo olha e entrega-se à luxúria depois.

Eu tenho um bocado de outros artigos [de revistas], mas eu tenho tempo para somente um mais.
Um artigo surgiu em Richmond Times-Dispatch, Richmond, Virginia, e o autor do artigo foi Anthony Surbony, um gerente de recursos humanos de uma grande corporação.
Ele entrevistou mais do que 14.000 homens para vaga de emprego, nos últimos anos que ele tem estado lá.
Ele disse que o comprimento do cabelo de uma pessoa diz muito coisa sobre ela
Aqui está um homem após 14.000 entrevistas.
Ele disse que os da ala esquerda têm cabelos longos.

"Eles rejeitam a auto disciplina, autoridade, regras, lógica comprovada, e raciocínio.
Eles são mais facilmente influenciados por opiniões e propaganda populares.
Eles tendem a aceitar e fazer qualquer coisa se alguém simplesmente sugere que é moda.
Muitos empregadores descobrem que eles tendem a ser mais sonhadores do que fazedores (onde o contrário é a tendência de homens com cabelos curtos).
Por que as coisas são assim?
Principalmente isto se deve a uma personalidade centrada em si mesmo [nos homens que usam cabelos longos]."

Eu tenho estado dizendo isto por muito tempo.

Há certas coisas que eu gosto nas mulheres que eu não gosto nos homens.
Eu gosto que as mulheres pareçam bonitas, e não me aborrece de jeito nenhum ver uma mulher em frente a um espelho ajeitando e fixando seu cabelo.
Mas me faz querer vomitar ver um homem fazer isto, e eu tenho visto homens fazerem esta mesma coisa, exatamente como uma mulher.

Eu cito mais do artigo mencionado acima.
Ele disse que cabelo longo indica uma personalidade centrada em si mesmo.

"Os liberais esquerdistas parecem ser mais egoístas e aspiram somente as metas que os beneficiarão individualmente, indiferente ao que custe aos outros.
Eles, realmente, crêem que cabelo longo é bonito em um homem e eles se sentem nus sem ele.
Eles tentam compensar, por falta de habilidade, atraindo a atenção, ou se tornando um símbolo sexual. Liberais de cabelos longos também rejeitam as responsabilidades básicos do homem ser o caçador/ defensor/ guerreiro.
Parece que eles pensam que a sociedade deve produzir para eles e que alguém mais deve garantir proteção.
Ou, ainda mais, eles, realmente, não crêem que haja quaisquer inimigos.
De fato, alguns tendem a se ajoelhara e rebaixar diante de inimigos, esperando ganhar a amizade [deles]."

Os homens têm perdido a básica responsabilidade que Deus inseriu no ser humano de lutar pelo que é seu e de suprir para os que são seus.
Os homens rejeitam isto, e a primeira coisa que você notará depois disso é que eles passam a pensar que o governo deve a eles um sustento.
Eles não mais sentem a responsabilidade de sair [para as intempéries e riscos] e eles mesmos [descobrirem e trabalharem e] ganharem um sustento.
Tudo [o desejo de cabelos longos, a rejeição do padrão caçador/ defensor/ guerreiro, etc.] vai junto.
Nós temos que nos lembrar que este homem [o autor do artigo] é um expert no negócio de analisar pessoas.
Ele fez 14.000 entrevistas para uma grande companhia.
Você apenas esteja atento e veja que este [cenário ideal] não é como as coisas são [realmente].
Tudo vai junto.

Quando estou considerando que tipo de roupas usar, eu necessito fazer a mim mesmo esta pergunta: O que isto faz as outras pessoas pensarem sobre mim?

Nenhum comentário: