CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA

CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA
CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA - SEDE

13 de mar de 2010

+ CURIOSIDADES

SÁBADO
Descansar.
O sétimo dia, dia de descanso semanal (Gn 2:2, 3); a palavra aparece pela primeira vez em (Êx 16:23).
A sua observância é requerida pela lei de Deus (Êx 16: 25-30); estando a lei do descanso cotidiano quarto mandamento (Êx 20:8-11).
O Senhor Jesus (Mt 5:17) não veio para destruir a lei, mas dar-lhe cumprimento.

SABEDORIA, CIÊNCIA
A capacidade de julgar corretamente e agir prudentemente. O temor do Senhor é o princípio do saber (Pv 1:7).

SÁBIO
Que sabe muito; erudito; homem prudente, sensato”.
Escolha Faraó um homem ajuizado e sábio, e o ponha sobre ... Egito” (Gn 41:33). “Perante os olhos dos povos... este povo é gente sábia” (Dt 4:6).

SADUCEU
Nome de um partido oposto à seita dos fariseus.
Compunha-se de um número comparativamente reduzido de homens educados, ricos e de boa posição social (Mt 22:34).
A julgar pela sua ortografia a palavra saduceu deriva-se de Zadoque, que em grego se escrevia Sadouk.
Dizem os rabinos que o partido tirou o nome Zadok, seu fundador, que viveu pelo ano 300 a.C.
Porém, compondo-se esse partido de elementos da alta aristocracia sacerdotal, crê-se geralmente que o nome Zadoque se refere ao sacerdote de igual nome que oficiava no reinado de Davi e em cuja família se perpetuou a linha sacerdotal até a confusão política na época dos Macabeus.

SAFIRA
Pedra preciosa, na racional do juízo que ordenava o peito do sumo sacerdote, ocupava a segunda ordem entre duas pedras preciosas (Êx 28:18).
O segundo fundamento do muro da Nova Jerusalém (Ap 21:19) descrita por S. João é feito de pedras de safira.

SAL
O sal de qualidade inferior encontrava-se nas praias do Mar Morto, depois de evaporada a água salgada, serviam terra de Canaã e nas regiões adjacentes para temperar a carne dos animais mortos e preservá-la da corrupção (Jó 6:6) tudo o que se oferecia segundo a lei era temperado com sal (Lv 2:13; Ez 43:24).
A terra salgada não produz (Jó 39:6).
Nas cidades vencidas e condenadas a total ruína, semeava-se para evitar que a cultivassem de novo (Jz 9:45).
Jesus também fez uma metáfora com a figura do sal (Mt 5:13) dizendo que seus discípulos eram os que conservavam a terra, por serem o sal.

SALMO
Coleção de poemas religiosos empregados especialmente no culto público em honra ao Deus de Israel (Sl 100).
Essa coleção chama-se em hebraico Livro dos Salmos conforme a denomina a tradução grega.
A designação geral de salmos de Davi deriva-se dos primeiros setenta e três salmos e são atribuídos a Davi conforme os títulos no hebreu.
O livro dos Salmos contém 150 poemas distribuídos em cinco livros correspondentes aos cinco livros do Pentateuco, pois há constantes referências e relações a estes.

SALOMÃO
Pacífico.
Nome do filho mais novo de Davi com (2 Sm 12:24; 1 Cr 3:5).
Nasceu em Jerusalém e seu pai pôs-lhe o nome de Salomão que quer dizer pacífico, por antecipação da paz e tranqüilidade que havia de caracterizar o reino de seu filho, em contraste com as perturbações e guerras que alteraram a vida nacional de seu governo (1 Cr 22:9).
Revelou-se hábil governador, teve iminentes auxiliares, floresceu o comércio e aumentou a riqueza pública (1 Rs 10:14-21; 2 Cr 9:13,14,21,27; 1 Re 11:42; 2 Cr 9:30, 31).
Reinou quarenta anos.

SALVADOR
Pessoa que livra de algum mal ou de algum perigo.
No Antigo Testamento a palavra Salvador é empregada particularmente em referência a Deus como libertador do povo escolhido de Israel.
Os escritores clássicos empregavam o vocábulo grego soter, libertador, referindo-se aos seus deuses.
No Novo Testamento a palavra Salvador aplica-se a Deus o Pai e com especialidade a Cristo, o Filho que salva o seu povo dos pecados livrando-os da perdição, da miséria, da maldição e da ira de Deus.

SAMARITANO
Uma seita antiga e ainda hoje existente entre os judeus.
Originou-se da seguinte maneira: propriamente samaritano quer dizer um habitante da cidade de Samaria capital do reino de Israel, as dez tribos, mas se chamavam samaritanos todo o povo desta nação (1 Rs 17:29).
Quando as dez tribos foram transportadas para o cativeiro na Assíria, milhares dos pobres da terra, Sargen II, rei da Assíria, trouxe gente da Babilônia, de Cuta, de Ava, de Hamate e de Sefarvaim para colonizar o país (2 Rs 17:24).
Isso resultou uma raça com crenças e costumes diferentes (Ed 4:2).

SAMBALÁ
Um heronita (Ne 2:19; 6:1) aliado de Tobias e Gesim, grandes adversários dos judeus.

SAMUEL
Filho de Elcana e de Ana, sendo como Isaque, um filho da promessa (1 Sm 1).
Antes de seu nascimento foi consagrado ao Senhor como Narizeu, (1 Sm 1:24-28).
Foi um dos grandes profetas da antiguidade judaica depois de Moisés e o último dos juízes de Israel.
Samuel exerceu o cargo de juiz e governador.

SANSÃO
Radioso, pequeno sol, destruidor.
Nome de um dos mais eminentes juízes de Israel, filho de Manoá da tribo de Dã, natural de Zorá.
Um anjo de Deus apareceu a seus pais para anunciar-lhes o nascimento do filho que ia ser libertador do povo sendo o seu nascimento miraculosamente revelado a seus pais (Jz 13).
Foi Narizeu (Jz 16:17).
Desde de que nasceu, não passou navalha em seu cabelo, nem bebidas fortes pela sua boca, enquanto se submeteu a esse regime possuía força para feitos heróicos contra os filisteus, inimigos da pátria.
Sua paixão pela filistéia Dalila o levou ao fracasso.

SARA
Princesa.
Nome da mulher de Abraão, dez anos mais nova que ele.
Casou-se em Ur dos caldeus.
Era meio irmã de Abraão, por ser filha de seu pai somente e não de sua mãe.
O nome primitivo de Sara era Sarai, significando princesa ou contenção.
Era estéril, porém, um anjo apareceu fazendo-lhe uma promessa que ela ainda geraria um filho, Sara riu pois já era de idade avançada e não tinha condições físicas necessárias a uma mulher para conceber uma criança.
Passando algum tempo, ela daria a luz a Isaque, o filho da promessa.
Sara morreu aos cento e vinte e sete anos de idade.

SARÇA
A sarça ardente.
Em Êxodo 3:2, implica uma moita de silvas, embora esta planta não se encontre no monte Sinai.
Em Gênesis 21:15 a palavra usada faz supor qualquer arbusto de pequena estatura; mas em Isaías 7:19 significa os espinheiros que se vêem nas proximidades da água (Lc 6:44; At 7:30).

SARDÔNIA
Nome de uma qualidade de pedra preciosa a que os gregos chamaram sardios e saidion, (Ap 4:3), da qual se constituía o sexto fundamento do muro da Nova Jerusalém (Ap 21.20).
Havia 2 espécies distintas pela cor e conhecidas pelo nome, um vermelho transparente a que se dá nome de cornalena e outra de um vermelho escuro a que chamam sardônio.

SAREPTA
Fornalha de fundição.
Nome de uma cidade pertencente à Sidônia.
Ali esteve o profeta Elias depois que secou o ribeiro de Querite.
Confiando na palavra desse profeta em nome de Jeová, uma viúva pobre o abrigou em sua casa durante a fome.
Em recompensa à sua fé Elias profetizou em sua vida e dali em diante nunca mais faltou o azeite (2 Rs 4) que era um dos principais meios de subsistência, em suas botijas, nem a farinha em suas panelas.
Esse nome ainda perdura sob a forma de Srafend, aldeia situada sobre um monte perto do mar a 14 milhas ao norte de Tiro e a 8 de Sidônia.
A antiga cidade estava bem na costa, onde se encontram importantes ruínas em uma extensão de cerca de uma milha.

SAUL
Pedido de Deus.
Nome do primeiro rei de Israel filho de Quis, da tribo de Benjamim.
Saul era ainda jovem, tinha talvez 35 anos quando subiu ao trono, porém, a esse respeito não há nenhum dado específico.
Era dos homens mais altos de Israel e de muito boa aparência.
A Escritura não menciona a duração do reinado de Saul.

SEGUNDA MORTE, DANO DA
Em Apocalipse 2:11 diz: “O vencedor de nenhum modo sofrerá dano da segunda morte”. Devido à queda, e à entrada do pecado todo homem deve morrer uma vez (Hb 9:27).
Essa primeira morte, contudo, não é a decisão final.
Todos os mortos, com exceção daqueles que, por meio da fé no Senhor Jesus, foram registrados no livro da vida, serão ressuscitados e passarão pelo julgamento do grande trono branco no fim do milênio, isto é, na conclusão do velho céu e da velha terra, todos serão lançados para dentro do lago de fogo, que é a segunda morte, como a decisão final, (Ap 20:11-15).
A segunda morte é o tratamento de Deus com o homem após sua morte e ressurreição.

SEMITAS
O termo não se encontra nas Escrituras Sagradas, mas se refere aos filhos de Sem, o filho primogênito de Noé (Gn 5:32; 6:10).
Compreendem vários povos que falam ou falaram o arameano, o sírio, o caldeu, o assírio, o hebreu, o árabe e o himyarita.
Os semitas têm pele trigueira, cabelo preto e estatura alta.

SENHOR
Essa palavra, quando escrita com letras maiúsculas representa a palavra hebraica YHVH, isto é, Jeová, o nome mais sagrado de Deus (Gn 2:4; 4:26).
Refere-se também a Cristo (Lc 2:11; Rm 10:9; 2 Cor 4:5). A palavra é também, tratamento de criados para com seus amos.
(Mt 10:24; Jo 15:20; Ef 6:5; Tt 2:9).

SERPENTE, ANTIGA
Em Apocalipse 12:9 a antiga serpente é o sutil, o enganador. Sempre que a Bíblia fala da serpente, isso denota o sutil ou sagaz, conforme (Gn 3:1).
Na época de Apocalipse 12 a serpente já não será mais nova, ela é antiga tendo quase seis mil anos.

SERVA
Pessoa de serviço, que está às ordens de alguém para o ajudar, criada da casa. “Hagar egípcia, serva de Sara” (Gn 25:12).
Contemplou na humildade da sua serva” (Lc 1:48).

SETE CANDELABROS DE OURO
O candelabro é pra a edificação de Deus.
O candelabro de Êxodo 25 foi para a edificação do tabernáculo, o candelabro em Zacarias 4, era para a restauração edifício de Deus e os candelabros em Apocalipse 1, são para a edificação da igreja.
A função da igreja depende do responder do candelabro.
Os candelabros são de ouro e o ouro prefigura a natureza de Deus.

SETE CHIFRES
Em Apocalipse 5:6 João diz que o cordeiro tem sete chifres.
Os chifres representam a força na luta (Dt 33:17).
Cristo é o Cordeiro redentor, contudo, com chifres para lutar.

SETE ESTRELAS
Em Apocalipse 16:1 diz: “Tinha na sua mão direita sete estrelas”.
As sete estrelas são os anjos mensageiros, das sete igrejas que se encontram na Ásia.

SETE SELOS
A economia de Deus á sua administração eterna.
No livro de Apocalipse vemos a universal e eterna administração de Deus, e os sete selos são o primeiro grupo de itens dessa administração.
Os primeiros quatro selos abrangem a história do mundo, desde a ascensão de Cristo até o final desta era 6:1-8.
O quinto selo abrange o clamor dos santos martirizados, 6:9-11.
Perto desta era, esses santos martirizados clamarão a Deus por vingança.
O sexto selo abrange o temor da terra e do céu, 6:12-17, na sua abertura haverá um grande terremoto, 6:12.
O sétimo selo pendurará pela eternidade, consiste em sete trombetas.

SETE TAÇAS
As sete taças, uma parte do conteúdo negativo da sétima trombeta como a última das pragas da ira de Deus sobre os homens, será o término da grande tribulação (Ap 15:1; 6:8; 16:1-21).
As sete taças, como os sete selos, e as sete trombetas são compostas de um grupo das primeiras quatro e depois da quinta e sexta e sétima.

SETE TROMBETAS
É o conteúdo do sétimo selo.
Os selos são secretos, mas as trombetas são públicas. Quando sela alguma coisa, você a torna secreta e privada, mas quando fez soar uma trombeta, você torna pública alguma coisa.
As primeiras quatro trombetas são os julgamentos sobre a terra, o mar, os rios, o sol, a lua e as estrelas (Ap 8:7-12).
A quinta, o primeiro aí como julgamento sobre o homem, será o começo da grande tribulação, (Ap 8:13-9:1).
A sexta trombeta, que é o segundo ai como um julgamento adicional sobre os homens, é uma parte de grande tribulação (9:12-21).
A sétima trombeta consiste no reino eterno de Cristo, no terceiro ai, no julgamento dos mortos, na recompensa dos santos e das pessoas tementes a Deus, e uma destruição dos destruidores da terra, (11:14-18).

SIMÃO
Nome do segundo filho de Jacó com sua mulher Lia (Gn 29:33) e nome da tribo (Gn 46:10) da qual Jacó foi progenitor.

SINAGOGA DE SATANÁS
A perseguição que a igreja em Esmirna sofreu veio da religião, dos judeus incrédulos da sinagoga de Satanás (Ap 2:9).
A difamação dos judaizantes para com a igreja era sua crítica maligna contra ela.
Os judaizantes eram judeus na carne, mas não no espírito (Rm 2:28-29).
O Senhor disse serem “sinagoga de Satanás” aqueles que se dizem judeus
e não o são.

SOFONIAS
Deus escondeu-se.
Profeta, de nobre estirpe (So 1:1). 2.
Outros com o nome Sofonias (Jr 21:1; 2 Rs 25:18).

SOFONIAS, LIVRO DE
O nono dos profetas menores. O autor: Sofonias. (So 1:1).
Profetizava no tempo do reinado do rei Josias (So 1:1); antes da queda de Nínive (So 2:13).
Parece um dos pioneiros do avivamento, no reinado de Josias, narrado em 2 Reis 22.

SOL DA JUSTIÇA
Metaforicamente essa expressão caracteriza a Jesus Cristo, o Redentor.

SUCOTE
Barraca, cabana.
Nome de um lugar ao oriente do Jordão (Jz 8:4; Gn.33:17) onde o patriarca Jacó quando voltava à (Gn 37:25) Mesopotâmia edificou uma casa e levantou os pavilhões para os seus rebanhos.
Sucote estava no vale do Jordão (Sl 60:6; 108:7) perto de Sartã. Nos tempos de Gideão era importante cidade governada por setenta e sete anciãos.

Nenhum comentário: