CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA

CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA
CIRCULO DE ORAÇÃO DE SOROCABA - SEDE

11 de mar de 2010

Por que ser uma pedra de tropeço?


Uma razão para não usar bebidas alcoólicas, é porque uma em cada sete pessoas que as consomem se tornarão alcoólatras. Mesmo que eu seja hábil para beber moderadamente, não quero que meu mal exemplo cause a ruína de outra pessoa, especialmente por alguma coisa tão desnecessária como bebidas embriagantes.O mesmo princípio é verdadeiro sobre as jóias.
A gente vê pessoas que secobrem com ouro e jóias preciosas.
A maioria das pessoas que usam jóias, não se dão conta de seu próprio valor.
Elas esperam sentir-se mais valorizadas por cobrirem-se a si mesmas com objetos caros.
Outras acreditam que não são tão atraentes e esperam aumentar sua beleza ao se enfeitarem com belas pedras.
Não podem se controlar.
Pensam que se um é bom, então dez será melhor.
Apenas para lembrar, nunca escutei de um homem: “Ela não é bonita?
Apenas olhe suas jóias!”.
Bem, aqui está a grande questão.
Qual é o objetivo?
Se é certo para mulheres usarem brincos, então quem dirá que é errado para o homem? Se um anel ou brincos são aceitáveis, então porque não três ou quatro?
Se um membro da igreja pode usar jóias, por que não um pastor?
Se uma jóia na orelha é totalmente certo, então o que há de errado com um osso no nariz?
Talvez você tenha notado a moderna mania de piercing no rosto.
Quatro brincos na orelha e argolas no nariz com uma corrente entre elas.
As pessoas estão usando também piercing no corpo e argolas nas sobrancelhas, umbigo, língua e outros lugares de sua intimidade.
Por que um cristão desejaria ser uma pedra de tropeço a alguém e lhe encorajar a usar uma jóia?
Isto é totalmente desnecessário.
Especialmente para pessoas que estão se preparando para o encontro com Jesus.
Se eu estiver usando alguma jóia, posso abrir as comportas da inconsistência pelo mau exemplo, e levar muitos a tropeçar.
Se realmente amo o meu irmão, por que deveria insistir em correr esse risco, por algo tão desnecessário como as jóias?

Modéstia e humildade

O propósito original da roupa foi cobrir a nudez de nossos primeiros pais.
Adão e Eva nunca sonharam em pendurar ouro ou prata sobre o corpo, para salientar suas folhas de figueira! As vestes eram modestas e os protegiam. Algum dia Deus colocará uma coroa dourada de vitória sobre a fronte dos vencedores.
Então, mesmo assim, os salvos removerão sua coroas de ouro na presença de Deus. (Apoc. 4:10-11).
Observe o que Deus falou ao profeta Isaías acerca de jóias e roupas vistosas.
“Diz o Senhor: visto que as filhas de Sião se exaltam, e andam de pescoço erguido, e tem olhares impudentes, e quando andam, como que vão dançando, e fazendo retinir os ornamentos de seus pés,... naquele dia tirará o Senhor os seus enfeites: os anéis dos artelhos, as toucas, os colares em forma de meia lua, os brincos, os braceletes, os véus, os diademas, as cadeias dos artelhos, os cintos, as caixinhas de perfume do nariz, os vestidos diáfanos, os mantos, os xales, as bolsas, os espelhos, as capinhas de linho, e as toucas e os véus.”
(Isaías 3:16-23).
Mulher na profecia bíblica simboliza igreja.
Nessa profecia, as mulheres (igrejas) foram severamente julgadas por causa de seu orgulho, que está ligado diretamente ao adorno externo.
Pelo fato de estarmos lutando contra o pecado e tentação, agora não é o tempo certo para glorificar nosso exterior.
O supremo alvo do cristão é atrair a atenção para Cristo, não para si mesmo.
Decorando nossos corpos mortais com pedras e brilhantes, facilmente o orgulho vai nascer, e isto é totalmente oposto ao espírito e aos princípios de Jesus.
“Quem a si mesmo se exaltar será humilhado, e quem a si mesmo se humilhar será exaltado.” (Mat. 23:12).
O orgulho da própria aparência foi o grande fator da rebelião e queda de Lúcifer. Quando originalmente Deus criou Lúcifer como um anjo perfeito, lhe deu muitas pedras preciosas como seu vestuário “o sárdio, o topázio, o diamante, o berilo, o ônix, o jaspe, a safira, o carbúnculo e a esmeralda. Os teus engastes e ornamentos eram feitos de ouro.”
(Ezequiel. 8:13).
Desde que Adão e Eva caíram em pecado, nós humanos, temos que lutar com a mesma natureza pecaminosa que tem o orgulho em sua raiz.
Deus, por isso, ordenou-nos a não usar jóias.
Em nossa condição pecaminosa, não estamos mais aptos a resistir a tendência do orgulho, do que foi Lúcifer. Quando nosso corpo for transformado, na segunda vinda de Cristo, não seremos mais tentados a pecar.
Unicamente então, Jesus considerará seguro colocar uma coroa de ouro em nossa cabeça. Enquanto isso não acontece, fazemos bem em seguir o conselho dado por Paulo às mulheres: “quero que, do mesmo modo, as mulheres se ataviem com traje decoroso, com modéstia e sobriedade, não com tranças ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos dispendiosos, mas (como convém as mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras.”
I Timóteo 2:9-10.

Nenhum comentário: